Escrito por Instituto Mix Tempo de leitura: aproximadamente 4 minutos.

O mês de outubro foi de conquistas para o Instituto Mix de Profissões, além do prêmio da Pequenas Empresas & Grandes Negócios, a rede comemora a conquista profissional do diretor técnico da área da Beleza IM, Jailson Gaby!

Jailson foi um dos destaque do “Prêmio Brasil, Expert Profissional em Crespas e Cacheadas”. Há mais de 25 anos atuando no segmento da beleza, Jailson Gaby é um dos grandes nomes do setor pedagógico da franqueadora Instituto Mix de Profissões. E tem desempenhando um papel incrível quanto aos trabalhos com os cabelos crespos e cacheados.

Ele recebeu o prêmio em mãos em São Paulo, e o evento aproveitou para reforçar o novo momento que a beleza se encontra no Brasil, em especial a valorização das origens dos negros e a aceitação de seus cachos. Vale destacar que o termo negro também está sendo atualizado para preto, que é a cor da pele, e é como o IBGE utiliza em seus dados. 

“Foi um momento marcante para todos nós, porque durante muitos anos vivemos a “ditadura do alisamento”, muitas mulheres recorriam até ao formol para realizar procedimentos de alisamentos, tudo para se enquadrar nos padrões da sociedade”, revela Jailson.

O diretor técnico do segmento da beleza do Instituto Mix, também frisou que a mídia tem desempenhado um papel fundamental na aceitação dos cabelos crespos e cacheados, artistas e jornalistas negros já não deixam seus cabelos presos ou realizam procedimentos para alisá-los, o que reforça o sentimento de liberdade e de orgulho de seus origens. 

Na oportunidade, Jailson pode confraternizar com vários outros profissionais do segmento, em um momento de troca de ideias, experiências e emoções. Mesmo ele tendo mais de 25 anos de carreira, o diretor técnico da Beleza do IM diz que é necessário construir pontes e acompanhar as tendências.

“Quando há eventos como esse, com outros profissionais da beleza, eu busco ir como um copo vazio, mesmo que eu já tenha um conhecimento aprofundado, nós sempre trazemos algo de novo e muito importante para o nosso trabalho. Nesta premiação estive em contato com pessoas maravilhosas e famosas inclusive no segmento da beleza, então foi muito gratificante e edificante para todos nós”, enfatiza Jailson.

O combate ao chamado “cabelo ruim” e ao racismo


Por anos no cinema, na televisão, no dia a dia e nas escolas, jovens homens e mulheres foram discriminados não apenas pela cor da pele, mas também pelos seus cabelos.

Nos Estados Unidos, filmes como The Help (traduzido para o português como Histórias Cruzadas), mostram que além do racismo estrutural na sociedade americana, as mulheres negras recorriam às perucas para esconder o seu verdadeiro cabelo.

Na entrega do Oscar, Viola Davis, uma das atrizes mais renomadas dos Estados Unidos, disse em seu discurso após receber a estatueta, que o que separa a qualidade de atuação de brancos e negros são as oportunidades! Quando a sociedade cria oportunidades, todos podem mostrar o seu talento.

Aos poucos a sociedade vai soltando os cachos e o Brasil, assim como os Estados Unidos, começa a combater com mais rigor o bullying e o racismo, ainda que falte um longo percurso para uma sociedade definitivamente igualitária.

Um Brasil de muitas possibilidades para a beleza


A maioria da população brasileira, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), é de pessoas que se consideram pardas, algo em torno de 46%. O restante inclui os brancos (42%), pretos (10%), indígenas e amarelos (1%).

Com o aumento da valorização dos cachos, Jailson conta que o momento é propício para buscar conhecimento. Cada vez mais existem produtos no mercado para este tipo de cabelo, assim como novos cortes, penteados, jeitos e formas que aos poucos os profissionais vão aperfeiçoando.

E, mais do que ter orgulho de seus cachos, é preciso saber como trabalhar com eles. Por isso, um curso profissionalizante fará toda a diferença na carreira de quem pretende seguir pelo segmento de Cabeleireiro Profissional.

O que achou do artigo?
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Conheça mais sobre a nossa Política de privacidade e Política de cookies e entenda como o Instituto Mix de Profissões se preocupa com os seus dados.
ACEITAR